Eventos

African day conectando para transformar

bodrb_pigaaroyn

O que é o African Day?

Estando em sua primeira edição, o African Day é um evento que discute e promove a participação ativa dos jovens Africanos vivendo na diáspora e pretende ativar o potencial transformador destes jovens para que se engajem com ações de transformação social. Durante o evento, diversos assuntos são debatidos entre os próprios jovens, sendo na sua maioria estudantes, empreendedores e formadores de opinião.

Conectando para transformar esse é o tema deste ano, com o objetivo de promover o trabalho coletivo a fim de causarmos um impacto significativo.

O African Day, é organizado e coordenado pelo projeto Ubuntu, projeto este que visa empoderar jovens para transformação social em suas comunidades através de atividades de mobilização e capacitação em parcerias, e é realizado com o apoio da UniEvangélica.

 

Data: 08 de maio de 2015

Local: salão do bloco F da UniEvangélica – Anápolis/Goiás

Objetivos

– Ativar o potencial transformador dos jovens;

– Desmitificar o profissionalismo na África;

– Incentivar o turismo nos países africanos.

 

 Programação

Hora Preletor /tema
8h Café da manhã.
08h45min Abertura oficial – African Day
 09h Mesa redonda com embaixadores (Angola, Cabo Verde, Moçambique e Guiné Bissau).Tema: Qual é a nossa responsabilidade com a África?
10h30min Intervalo
11h00min Painel 1: Rumo à África: um giro pelo continente berço;

África não é um país, e não é uma zona de desastre, este painel, apresentado de forma bem aberta e informal, vem para chamar atenção a todos aqueles que têm um interesse significativo pelo continente berço, neste painel também querermos pedir, as instituições, indivíduos e toda mídia ocidental para parar de representar erroneamente o continente, como se ele fosse uma inteira tragédia. Veremos alguns dos lugares mais incríveis da África, conheceremos algumas iniciativas de transformação social que estão sendo desenvolvidas pelos jovens africanos em prol da África;

12h20min Almoço com os embaixadores;
14h Painel 2: Passando o bastão: Aprendendo com o passado para transformar o futuro.

Em África, mais do que em qualquer outro local do mundo, a diferença que um bom líder pode fazer é muito maior do que em qualquer outro lugar. Porquê? Porque em África, temos instituições débeis, como a judicial, a constituição, a sociedade civil, e outras. Quando as sociedades têm instituições fortes, a diferença que um bom líder pode fazer é limitada, mas quando temos instituições débeis, basta um bom líder para construir ou destruir um país. Quais são os padrões de liderança no continente? Quais são os modelos? Como é encarada a ditadura em África e a democracia?

14h50min Intervalo
15h Painel 3: Paixão no envolvimento social: o melhor jeito de transformar.

Hoje existe um significativo debate acerca da melhor maneira de tirarmos as pessoas da pobreza. De um lado, temos pessoas que dizem que o sistema de ajuda está tão danificado que temos de deitá-lo fora. No outro, temos pessoas que dizem que o problema é que precisamos de mais ajuda. Os críticos apontam para os 55 mil milhões de dólares gastos em África desde 1970 e dizem, e o que temos senão degradação ambiental e incríveis níveis de pobreza, imensa corrupção? Eles usam Mobutu como metáfora. E a sua recomendação de estratégia é tornar o governo mais responsável, concentrar-se nos mercados de capitais, investir, não dar nada. Do outro lado, há aqueles que dizem que o problema é que precisamos de mais dinheiro. Ambos os lados estão certos. E o problema é que nenhum dos lados está a ouvir o outro. Ainda mais problemático, eles não estão a ouvir as próprias pessoas pobres.

16h Painel 4: Chega de papo! Vamos agir! 

“Nada adianta tentar ajudar as pessoas que não se ajudam”. Um dos males que enfrentamos como seres humanos é que estamos pronto para falar e discutir sobre os problemas mas não temos a mesma disposição de colocar a mão na massa e começar a agir. Existe uma estatística que mostra que 8 em cada 10 jovens no Brasil têm o desejo de envolver-se com ações sociais, porém destes 8 apenas 2 fazem realmente alguma coisa. Qual é a razão? Existem varias, falta de apoio, incentivo, entre outras. Porém uma das mais notáveis é o simples fato que boas intenções apenas não são suficientes. É preciso determinação, foco e a certeza de que podemos fazer as coisas acontecer. Precisamos agir juntos, seguir um caminho único, perceber que estamos no mesmo barco e estamos indo na mesma direção.

17h45min Encerramento vespertino
19h Noite cultural: A África que eu não conheciaMusica, dança, cultura africana…

Surpresas, surpresas, surpresas

21h Encerramento do African Day

youth_forum

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: